abril 15, 2024

Abordagem Social realizou cerca de 4 mil atendimentos até novembro

 Abordagem Social realizou cerca de 4 mil atendimentos até novembro

Na escuta qualificada é construída uma relação de confiança

As equipes de Abordagem Social da Prefeitura de Feira de Santana realizaram 3.885 atendimentos à pessoas em situação de rua entre janeiro e novembro deste ano. O serviço especializado é ofertado através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso).

São quatro equipes que desenvolvem o trabalho vinculadas aos três CREAS (Centro de Referência Especializado de Assiatência Social) e ao Centro Pop.

“Cada uma delas possui um assistente social, um educador social e um orientador social, sendo responsáveis por uma área de abrangência”, afirma o coordenador do Serviço de Abordagem Social, Rafael Estrela, informando ainda que esse serviço é classificado como da média complexidade – Proteção Social Especial (quando há violação de direitos).

As equipes trabalham de domingo a domingo, principalmente em locais de grande concentração de pessoas. Durante a ação identificam se há crianças em situação de trabalho infantil ou exploração sexual, bem como em condições de vulnerabilidade social (situação de rua).

Através desse serviço, o Município ofertou abrigo a 997 pessoas; 290 foram encaminhadas para os Cras (Centro de Referência da Assistência Social) – existem 16 destes equipamentos no município – e 1.194 para o Centro Pop (Centro de Referência à População de Rua) e 123 pessoas encaminhadas para os serviços de saúde.

“Na abordagem realizamos a escuta qualificada, construindo uma relação de confiança com pessoas e famílias em situação de risco para acompanhar e mediar o acesso à rede de proteção social”, afirma o coordenador.

Secom – Foto: Divulgação

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?