abril 18, 2024

STF marca julgamento de 100 denunciados por atos extremistas em Brasília para 18 de abril

 STF marca julgamento de 100 denunciados por atos extremistas em Brasília para 18 de abril

Feira registra baixa procura por vacina bivalente

Imunizante está disponibilizado nas salas de vacina do município
Em Feira de Santana, a procura pela vacina bivalente contra a Covid-19 ainda é baixa. Até esta segunda-feira (10), das 40.182 doses recebidas, 12.323 foram aplicadas – número que corresponde a 30,6%. O alerta é da Secretaria Municipal de Saúde.

“Estamos em uma época sazonal, favorável para a circulação dos vírus respiratórios, a exemplo da Covid-19. É importante que a população se dirija até os postos de saúde para se vacinar. A Micareta está chegando e nela ocorrem muitas aglomerações. Não podemos deixar que uma doença imunoprevenível estrague a diversão de quem está há três anos esperando esse momento para curtir na avenida”, ressaltou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Carlita Correia.

Fora os idosos a partir dos 60 anos, todos os demais grupos prioritários devem ter idade mínima de 12 anos. São eles: gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, pessoas com comorbidades (confira lista no final da matéria) ou com deficiência permanente, população privada de liberdade, adolescentes cumprindo medidas socioeducativas e pessoas que estão inseridas em instituições de longa permanência, residência inclusiva e seus trabalhadores, imunocomprometidos, indígenas, ribeirinhos e quilombolas.

Para ser imunizado, a pessoa interessada, que se enquadra nesses grupos prioritários, deve apresentar documento de identificação com foto, cartão SUS e caderneta de vacinação. Outro critério é ter recebido, ao menos, duas doses respeitando o intervalo de quatro meses após a última aplicação. Também é válido destacar que a imunização de crianças e adolescentes é feita somente na presença dos pais ou responsável legal.

A vacina continua disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (USFs), de segunda a sexta-feira. À noite, a imunização também pode ser realizada nas USFs vinculadas ao Programa Saúde na Hora, com funcionamento ampliado até as 20h30.

Comorbidades liberadas para vacinação:

Diabetes mellitus;

Pneumopatias crônicas graves;

Hipertensão Arterial Resistente (HAR);

Hipertensão arterial estágio 3;

Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo;

Insuficiência cardíaca (IC);

Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar;

Cardiopatia hipertensiva;

Síndromes coronarianas;

Valvopatias;

Miocardiopatias e Pericardiopatias;

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;

Arritmias cardíacas;

Cardiopatias congênita no adulto;

Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados;

Doenças neurológicas crônicas e distrofias musculares;

Doença renal crônica;

Hemoglobinopatias e disfunções esplênicas graves;

Obesidade mórbida;

Síndrome de Down e outras Síndromes genéticas;

Doença hepática crônica.

Secom

Whatsapp
Olá
Olá, podemos ajudar?